O Sonho da Casa Própria

O Sonho da Casa Própria

Em grande parte do país percebeu-se a desaceleração dentro da indústria da construção civil e como o mercado imobiliário sofreu com esse efeito negativo, porém existia ainda alguns tapumes sendo levantados, betoneiras ligadas e martelos ecoando seu som estridente sobre a superfície da madeira. Um nicho da construção civil sofreu menor impacto como é possível observar neste gráfico dos últimos anos referente a distribuição do valor concedido.

Talvez não seja do conhecimento de muitos, mas o SISTEMA BRASILEIRO DE POUPANÇA E EMPRÉSTIMO (SBPE), fornece além da opção do crédito para financiar sua aquisição por um imóvel disponível no mercado imobiliário, o crédito para construção da tão sonhada casa própria. Esta modalidade, na minha humilde opinião pouco explorada, permite que o cliente final em seus devaneios possa elaborar a casa ideal na sua realidade particular.

O SBPE segue algumas diretrizes e funcionamentos para aplicação de seus recursos, que são definidos e fiscalizados pelo Banco Central, em conjunto com o Conselho Monetário Nacional. A dupla surpresa ao analisarmos o gráfico é o forte impacto gerado na construção civil nos últimos anos.

De 2009 à 2011 a aquisição e construção caminhavam proporcionalmente em ascensão dentro de seus segmentos, mas com o forte comportamento da massa escolhendo uma propriedade já pronta para morar, o segmento de construção através de financiamento de habitação sofreu uma leve redução e logo se estabilizou, enquanto o segmento de aquisição decolou cerca de 63,66% avaliando o seu próprio nicho no período de 2011 à 2014.

Ainda analisando o primeiro gráfico, a queda de recursos comercializados entre 2014 e 2016 foi gravemente absorvida pelo segmento do financiamento de habitação por aquisição, visto que o segmento de construção sofreu forte queda, mas com reflexos menores se considerarmos que no final o produto se trata de obras residenciais em ambos os lados.

Na Região Sul do país, o comportamento de recursos concedidos ao mercado acompanhou uniformemente o cenário nacional, como é possível comparar os gráficos.

Direcionando a informação para o público que deseja construir sua casa própria nos próximos meses, a análise a seguir pode servir de base para extrair do papel esse sonho. A liberação de financiamento habitacional para construção vem mostrando evolução positiva comparada ao segmento da aquisição, como é possível observar os valores disponibilizados pelo SBPE passaram da casa de 3 bilhões nos últimos dois trimestres, conferindo um crescimento em comparação ao ano anterior acima de 44%.

Filtrando ainda mais as informações disponíveis, é muito interessante como o segmento da construção residencial caminha crescente e saudável comparado a desenfreada atividade envolvida dentro do financiamento habitacional. O gráfico a seguir está construído com valores de recursos concedidos para construção residencial através de pessoas físicas. Mais de 1,6  bilhão de reais disponibilizados ao todo no ano de 2018. No último trimestre do ano houve uma aceleração de 67,86% de contratos assinados para a construção da sonhada casa própria.

São inúmeras as possibilidades para construir, basta planejar e respeitar seu cronograma físico-financeiro. Não existe receita de bolo, mas a qualidade na elaboração de um projeto é a segurança que os agentes financeiros buscam nos clientes que eles disponibilizam seus recursos financeiros.


FICOU ALGUMA DÚVIDA SOBRE O TEMA? Entre em contato com o autor através do e-mail jonatajeferson@yahoo.com.br


AUTOR

Jonata Jeferson Jacinto; CREA/SC 152.089-6
E-mail: jonatajeferson@yahoo.com.br

REFERÊNCIAS:

CÂMARA BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO – CBIC. Disponivel em: https://www.cbic.org.br/estudos

SISTEMA BRASILEIRO DE POUPANÇA E EMPRÉSTIMO – SUNO RESEARCH. Disponivel em: https://www.sunoresearch.com.br/artigos/sbpe/


Este post foi escrito por Jonata Jeferson J. e publicado originalmente aqui.



Embarque nesta jornada
Conheça o paralelo 27 clique aqui
e as rotas disponíveis clique aqui

Vamos conversar?

Para mais informações, entre em contato e venha tomar um café conosco.

Rua Artur Guerreiro, 227 - Perequê - Porto Belo/SC
47 9 9691.8908